Blog

Empresas de segurança são orientadas a se preparar melhor para atender as demandas do e-Social

Para ajudar as empresas a se adequarem  ao eSocial, previsto para entrar em vigor em 1º de janeiro de 2018, o Sindesp-MG promoveu em sua sede, no dia 11 de setembro, palestra sobre o eSocial e suas implicações nas empresas de segurança privada.

A frente da palestra esteve o administrador de empresas, especialista em gestão de processos de negócios e gerente da Sercom Saúde e Segurança do Trabalho, Jorge de Castro.

As  empresas foram orientadas em primeiro momento a cuidar da qualificação cadastral.  “Sem a qualificação cadastral, o e-Social não reconhecerá o trabalhador bloqueando inclusive o pagamento de salários”.

O cronograma que especifica a data de início da transmissão das declarações via eSocial, por perfil de empresas,  já se encontra para consulta no Portal eSocial.

Sobre as áreas de segurança e saúde no trabalho, o especialista abordou o  Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e orientou as empresas a  ter um programa de gestão bem estruturado, considerando a realidade da organização , os riscos,  os postos de trabalhos e meios de proteção.